Exposição Olhar o Mundo - Folha Informativa - Junho de 2008

  • Print

sala3A exposição "Olhar o Mundo", que marca a reabertura ao público desta galeria, situada em Alfama na Rua das escolas Gerais nº 17 e 19, após um ano envolvida em profundas obras de remodelação, funciona como um marco na actividade da Perve Galeria que, desta forma, assinala um percurso de realização contínua de exposições temáticas envolvendo artistas, nacionais e internacionais, iniciado em Novembro do ano 2000 com a exposição intitulada “Olhos do Mundo” que é agora revisitada de forma simbólica para dar lugar a uma nova fase de programação artística.

Ao todo, em exposição, encontram-se 135 obras de arte que vão da pintura à escultura, passando pelo desenho e pela joalharia artística, disponibilizando-se ainda livros de artista, em edição exclusiva e limitada a 300 exemplares, de autoria de Mário Cesariny, Cruzeiro Seixas e Luiz Pacheco. Tudo isto é possível ver, também, na Internet em www.pervegaleria.eu

Recentemente, na edição nº 924 do semanário espanhol "El punto de las artes", o jornalista Tomás Paredes caracterizou da seguinte forma a Perve Galeria e a presente exposição, num longo artigo que intitulou "Mirar el mundo":

"como os leitores deste meio de comunicação sabem, pelas reiteradas alusões às suas exposições e projectos, pelas suas intervenções sonantes e destacadas na ArtMadrid, a Perve Galeria é um espaço lisboeta onde se pode ver uma arte particular. (...) Quando, em Novembro de 2000 se propuseram revelar os 'Olhos do mundo' com uma proposta inaugural esplêndida, tinham a incerteza do futuro mas o futuro chegou-lhes propício. (...) Este é o sentido desta aposta múltipla, com a vontade manifesta de acordar os adormecidos e propor outro olhar sobre o mundo: outro mundo é sempre possível! (...) Durante estes anos não cessaram de reviver os autores nacionais, de misturá-los com outros, de reunir autores que haviam sido amigos e deixaram de o ser, como Cruzeiro Seixas, Cesariny e Fernando José Francisco. (...) Para a actual exposição 'Olhar o mundo', conseguiram reunir um conjunto excelente de obras de autores, por demais conhecidos: Wifredo Lam, Victor Brauner, Mário Cesariny, Sónia Delaunay, Raúl Perez, Palolo, Cruzeiro Seixas, Luis Feito, Leonor Fini, José de Guimarães, Lima de freitas, Escada, Joaquim Bravo, Eugenio Ganell, Fernando Aguiar, António Quadros, Areal, Giorgio de Chirico. E 'cadáveres esquisitos' de Picasso e Max Jacob e de Picasso com Robert Desnos (...) e outras obras que farão as delícias daqueles que se sintam dispostos a olhar de outra maneira o mundo, mais para lá desta realidade miserável, cruel e crua em que vivemos, entre mãos sujas e ausência de pensamento. Bem-vindos, uma vez mais, estes espíritos comovedores que fazem possível que outros se sintam capazes de pensar, sem complexos! "

(in El Punto de las Artes, nº 924, 11 de Julho 2008)


Vale, pois, a pena relembrar que esta exposição termina no próximo Sábado dia 26  e que, sendo muitas das obras ali expostas marcos fundamentais na arte nacional e internacional, dado terem já como destino integrarem diversas colecções, será esta uma oportunidade única de poderem ser contempladas num espaço aberto ao público de entrada gratuita. Para que todos possam "Olhar o Mundo".

 

>> ver galeria de imagens da exposição