Perve Galeria

Exposições

Exposição antológica de Carlos 'Zingaro': "Seres grotescos. 40 anos de pintura"

 

Seres grotescos Zingaro web
Perve Galeria, em Alfama inaugurou no dia 31 de Janeiro de 2013 a exposição "Seres Grotescos – 40 anos de pintura" de Carlos “Zingaro”.
 
A exposição decorre até 2 de Março de 2013 e centra-se, de forma antológica na obra plástica e musical do autor, que é seguramente um dos músicos e compositores portugueses mais internacionais e o mais conceituado na área da música experimental e jazz.
 
Paralelamente a um notável percurso musical, profusamente aclamado pela crítica, Carlos “Zingaro” desenvolveu ao longo dos anos um trabalho plástico de excelência que esteve patente em exposições marcantes como “Tinta nos Nervos – Banda Desenhada Portuguesa” que o Museu Coleção Berardo apresentou em 2011.
 
Voluntariamente o autor manteve-se arredado do mercado da arte, até ao momento em que a Perve Galeria deu lugar ao desenvolvimento desta exposição que procura honrar uma obra transversal e multidisciplinar, expressa quer musicalmente, quer em pintura, banda desenhada e, desde 2003, também em instalação multimédia.
 
No dia da inauguração, pelas 19h00 decorreu um concerto musical com participação de Emídio Buchinho (guitarra), João Pedro Viegas (clarinetes) e Carlos “Zingaro” (violino).
 

>>> Clique para ver: Obras em Exposição | Catálogo | Imagens da ExposiçãoDossier de Imprensa

Exposições Lusofonias e Homenagem a Cruzeiro Seixas no Palácio do Egipto

Banner_oeiras_site_2

A Perve Galeria, em Parceria com a Câmara Municipal de Oeiras, inaugurou no dia 12 de Outubro de 2012, às 19h, as exposições Lusophonies | Lusofonias e Homenagem a Cruzeiro Seixas - Um passo à frente em África no Centro Cultural do Palácio do Egipto, em Oeiras.

A exposição integra a Trienal Movimento Desenho 12 e está patente ao público de 13 de Outubro a 30 de Dezembro de 2012.

A coleção Lusofonias assume especial relevância no panorama internacional por ser a única dedicada ao tema em todo o espaço lusófono, motivo pelo qual foi já apresentada em 2010 na Galeria Nacional de Arte de Dacar, no Senegal e será também alvo de exibição em São Paulo, após ter recebido recentemente a chancela atribuída pelo Comissariado-Geral Português Para o Ano de Portugal no Brasil.

Em Oeiras, elegendo o desenho como protagonista, Albino Moura (Pt), António Quadros (Pt), Cruzeiro Seixas (Pt), Dorindo Carvalho (Pt), Eduardo Nery (Pt), Eurico Gonçalves (Pt), Fernando Lemos (Pt), Malangatana (Mz), Mário Botas (Pt), Mário Cesariny (Pt) e Pancho Guedes (Pt), são apenas alguns dos muitos autores cujo nível elevado de talento se mostra na sua vertente desenhada.

>>> Clique para ver: Imagens da Exposição|Obras em Exposição|Catálogo

Exposição apresentada em Dacar

Link para imagens com alta resolução: http://www.flickr.com/photos/88268546@N03/

Horário: 3ª feira a Domingo, das 12h às 18h. Encerra aos feriados.
C. C. Palácio do Egipto | Rua Álvaro António dos Santos,  Oeiras.
Tel: 214 408 391 (CCPE) / 214 408 781 (Posto de Turismo de Oeiras)
Parceiros_oeiras_web

Exposições Lusofonias na Perve Galeria de Alfama

Lusofonias banner2 site

PERVE GALERIA | Localização: mapa | HORÁRIO: 2ª feira a Sábado, das 14h às 20h 

 

 

A Perve Galeria de Alfama inaugura a 29 de Novembro pelas 18h a exposição Lusophonies | Lusofonias, com núcleo dedicado a outras plasticidades / outros suportes.

A mostra integra a iniciativa “Noites da Arte Contemporânea”, organizada pela APGA (Associação Portuguesa Galerias Arte), e irá decorrer nos dias 29 e 30 de Novembro das 18h às 22h e 1 de Dezembro das 15h às 22h nas várias galerias que integram a APGA.

Esta exposição promove a continuidade do ciclo dedicado às Lusofonias, iniciado em 2009, nas Perve galerias em Lisboa e passando depois, em 2010, pela sua apresentação pela Galeria Nacional de Arte em Dacar, Senegal, revelando novas leituras de uma coleção ímpar em todo o espaço lusófono.

Este ciclo terá a continuidade desejada em São Paulo, Brasil, com a chancela do Comissariado-Geral Português Para o Ano de Portugal no Brasil.

Como complemento deste projeto estão ainda patentes até 31 de Dezembro, no Centro Cultural Palácio do Egipto em Oeiras, as exposições Lusophonies / Lusofonias e Homenagem a Cruzeiro Seixas - Um passo à frente em África,ambas dedicadas ao desenho. Estas exposições integram a Trienal Movimento Desenho 12 que decorre nas várias instituições a nível nacional. (Mais informação em www.trienalmovimento.org).

>>> Clique para ver: Catálogo | Exposição apresentada em Dacar | Obras em Exposição

Link para imagens com alta resolução: http://www.flickr.com/photos/88268546@N03/ 

Imaginação (devorada) de Aldo Alcota e Cruzeiro Seixas | 25 Set. - 27 Out. 2012

Banner_siteAlcota

 .

Perve Galeria - Alfama: Rua das Escolas Gerais, nº 17 e 19, Lisboa
Horário: 2ª feira a Sáb. das 14h às 20h | Telefone: 218822607
.

A Perve Galeria, em Alfama inaugura no dia 25 de Setembro, às 18h a exposição “Imaginação (devorada)” de Aldo Alcota e Cruzeiro Seixas.

A mostra decorre até 27 de Outubro e junta pela primeira vez estes dois autores: Cruzeiro Seixas, figura maior da arte nacional, fundador, com Mário Cesariny, do anti-grupo “Os Surrealistas” que viria a revolucionar o panorama artístico e intelectual em Portugal nos anos 40 e Aldo Alcota, autor chileno, multifacetado, a viver em Madrid, que desde a década de 90 e de uma forma singular, tem vindo a explorar uma expressão formal de pendor surrealista, tendo exposto já ao lado de autores como Pierre Alechinsky, Antonio Saura, Max Ernst, Eugenio Granell, Hans Bellmer, Paula Rego e Malangatana, entre outros.

>>> Clique para ver: Catálogo | Obras em Exposição | Dossier de Imprensa  

Logo_desenha_web

Exposição Antológica de Dorindo Carvalho | 2.8 > 8.9.2012

Dorindo_cartaz_peq

.
.
PERVE GALERIA - ALFAMA | Localização: mapa | HORÁRIO: 2ª feira a Sábado, das 14h às 20h 
 
 

A Perve Galeria, em Alfama,inaugura no dia 2 de Agosto, pelas 18h uma exposição de carácter antológico dedicada à vida e obra do pintor português Dorindo Carvalho.

A exposição "Dorindo: 50 Anos, 3 Continentes" estará patente até ao dia 8 de Setembro de 2012 e congrega, de forma inédita, um vasto conjunto de obras exemplificativas dos 50 anos da actividade artística do autor, desenvolvida nos três continentes onde se fixou: Europa, África e América.