deneme

Exposições e Iniciativas

Antologia de Martins Correia | 17.9 > 24.10.2015

  • Imprimir

 

seloc mail peq

>>> Clique para ver: Catálogo | Obras em exposição | Imagens da Exposição |Dossier de Imprensa |  Imagens em Alta Resolução

 

A CASA DA LIBERDADE - MÁRIO CESARINY apresenta a primeira grande exposição Antológica da obra de uma das mais importantes figuras da arte escultórica modernista em Portugal.

 

Martins Correia, também apelidado de “o escultor da cor”, é autor de uma vasta e monumental obra pública, com um estilo inconfundível, pautado pela policromia e pela contundência estética.

 

Do desenho, à pintura, à escultura ou à azulejaria, são mais de meia centena as obras que podem ser vistas em exposição e que percorrem as várias facetas artísticas do mestre, desenvolvidas ao longo de cinco décadas.

 

Entre as obras patentes, destacam-se um magnífico painel em pintura, de grandes dimensões e um conjunto de bronzes policromados que refletem a identidade do escultor também na sua componente figurativa, com silhuetas humanas e animais modelados.

 

Dizia Martins Correia que a arte figurativa correspondia para ele a uma “humanidade” que não poderia ignorar, a algo que lhe era muito querido. Essa é talvez a maior evidência na sua obra: a Humanidade nela contida.

 

Do mestre são amplamente conhecidos os painéis integrados na estação de metro de Picoas, a grande escultura de Garcia de Orta que nos acolhe no Instituto de Medicina Tropical ou os painéis escultóricos que desde os anos 50 dão brilho ao Café Império. Nesta exposição, pode-se ver essa outra vertente da sua obra, complementar à obra pública e que é hoje apanágio de importantes coleções e museus.

 

Patente até 24 de Outubro | HORÁRIO: 2ª feira a Sábado, das 14h às 20h

CASA DA LIBERDADE - MÁRIO CESARINY | Localização: mapa