Perve Galeria

Exposições e Iniciativas

Registo(s) de Viver de Alberto Pimenta | 21 Jan - 1 Mar 2014

Alberto Pimenta expo

 

CATÁLOGO DA EXPOSIÇÃO:

APELO pela manutenção em Portugal das obras de Miró (do BPN)

peticao miro2-1

Dia 15 de Janeiro, a partir das 17h, o movimento contra alienação das obras de J. Miró tem como palco a Casa da Liberdade-Mário Cesariny. A petição que o originou é agora a mais activa das petições online

Dando expressão ao movimento gerado em torno da mesma, a CASA DA LIBERDADE - Mário Cesariny acolhe um encontro que congrega comunidade artística, comunidade académica e público, que num ato simbólico se manifestam em prol da sensibilização para esta causa.

No seio das paredes brancas, simbolicamente despidas, da CASA DA LIBERDADE da-se expressão ao enorme pesar que suscita a decisão de venda anunciada, salientando a enorme importância histórica e artística de Joan Miró.

Ao longo dessa tarde e noite, em simultâneo com o desenvolvimento de manifestações artísticas, todas as pessoas terão a possibilidade de deixar o seu depoimento gravado tendo como pano de fundo as portas da casa de Mário Cesariny. Os depoimentos serão compilados e integrarão um filme documental que se pretende que seja difundido  em antecipação à votação na Assembleia da Republica que decorre no dia 17 de Janeiro, apos terem sido submetidas as propostas de resolução do PS e PCP.

Além das intervenções artísticas, no espaço é apresentada uma aplicação interativa sobre Joan Miró, realizada pela Universidade Pompeu Fabra.

Acompanhe os desenvolvimentos no facebookAssine a PetiçãoVeja aqui Obras de Joan Miró que estado pretende alienar. 

 

 

Continuar... APELO pela manutenção em Portugal das obras de Miró (do BPN)

Exposição Inaugural da Casa da Liberdade - Mário Cesariny | 2 Nov a 21 Dez 2013

Estrada Banner Vt

 

A EXPOSIÇÃO INAUGURAL da Casa da Liberdade - Mário Cesariny coloca lado-a-lado obras inéditas de quatro figuras maiores do movimento surrealista português - Cruzeiro Seixas, Isabel Meyrelles, Carlos Calvet e o próprio Mário Cesariny - a par com documentação igualmente inédita proveniente dos vários espólios que a Casa da Liberdade alberga.

O programa inaugural inclui ainda a realização de 18 a 21 de Novembro do CONGRESSO "SURREALISMO(S) EM PORTUGAL" na Fundação C. Gulbenkian, na Casa da Liberdade-Mário Cesariny e na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, por ocasião dos 60 anos da morte de António Maria Lisboa. E no dia 26 de Novembro também a Perve Galeria presta HOMENAGEM A MÁRIO CESARINY DE VASCONCELOS, inaugurando um polo expositivo, 7 anos volvidos sobre a sua morte.

O momento ficará marcado pela apresentação da obra “POÉTICAS PÓS-PESSOA. ANTOLOGIA DO SURREALISMO E SUAS DERIVAÇÕES EM PORTUGAL” - uma magnífica edição bilingue, limitada a 200 exemplares, realizada em quatro volumes e enriquecida com um conjunto assinalável de múltiplos artísticos.

>>> Clique para ver: Obras em exposição | Catálogo

  Imagens alta resolução:  http://www.flickr.com/photos/105727602@N04/

 

Congresso Internacional Surrealismo(s) em Portugal | 18-21.Nov.2013

Cong Bn pQ
No sexagenário da morte de António Maria Lisboa, o CLEPUL, o IECCPMA e a Casa da Liberdade-Mário Cesariny promovem um Congresso Nacional dedicado ao percurso do Surrealismo em Portugal, num debate que se estenderá dos precursores e influências nacionais e internacionais ao itinerário dos grupos surrealistas em Portugal; à discussão da relevância do termo “Abjecionismo”; às heranças surrealistas em Portugal.

Pretendemde-se com este Congresso dar o devido destaque ao movimento surrealista em Portugal, uma vez que nunca se lhe dedicou um evento desta magnitude. O Surrealismo é uma das mais importantes correntes de expressão artística e filosófica do séc. XX e uma das que mais fortemente contribuiu para as metamorfoses ocorridas na criação portuguesa contemporânea. Tendo sido introduzido em Portugal de forma organizada em finais da década de 40, o movimento surrealista conheceria entre nós uma expressão particular, que simultaneamente sincroniza os jovens poetas e artistas que lhe deram corpo com a problemática europeia coeva e com a expansão do Surrealismo por todo o mundo e lhe confere uma dimensão intrinsecamente portuguesa, muito devedora das condições culturais, sociais e políticas vigentes e da tradição poética e artística portuguesa. Essa dimensão intrinsecamente portuguesa do Surrealismo encontra também importantes ecos e repercussões na arte desenvolvida nas antigas colónias, possibilitando o diálogo artístico no espaço da Lusofonia. A peculiaridade do percurso surrealista em Portugal e das suas amplas heranças tem merecido particular atenção por parte de investigadores internacionais, o que contribui para a persistência cultural do impacto do Surrealismo, ainda hoje com grupos ativos um pouco por todo o mundo.

O Congresso decorrerá nos dias 18 e 19 (F.C.Gulbenkian), 20 (Casa da Liberdade-Mário Cesariny) e 21 (Anfiteatro III da FLUL) de novembro de 2013.

INSCRIÇÕES: (20€) estender-se-ão até 15 de novembro de 2013, podendo, quem o desejar fazer uma pré-encomenda das atas (50€), por via do email do CLEPUL: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.. (Nota: Condições especiais para assistência de apenas um dia do Congresso com atribuição de certificado. Sob Consulta!) 

>>> Clique para ver: PROGRAMA

Exposição Real-Surreal - 27 junho a 27 julho 2013

Surreal Banner

 

PERVE GALERIA de ALFAMA e a CASA DA LIBERDADE – MÁRIO CESARINY apresentam “REAL-SURREAL”, exposição que assinala os 64 anos sobre a primeira exposição do anti-grupo “Os Surrealistas” fundado por Mário Cesariny e demais companheiros na década de 40 do século XX. A iniciativa integra dois polos expositivos distintos - “Real” e “Surreal” - que se conjugam numa homenagem simultânea e fraterna à figura tutelar que foi Mário Cesariny, aos membros do anti-grupo surrealista português e a todos aqueles que, por via da afinidade artística e intelectual, com eles estabeleceram relação nas décadas posteriores ao seu aparecimento.

18 de junho, às 18h, no dia exato em que se cumpriu o 64º aniversário da apresentação inicial de “Os Surrealistas” (em 1949, na sala de projeções da Pathé Baby, à Sé de Lisboa) inaugurou, na Casa da Liberdade - Mário Cesariny, o polo “REAL”.

Esta primeira parte da mostra, introduz documentalmente o projeto do novo espaço cultural da Perve Galeria, a “Casa da Liberdade - Mário Cesariny” e o seu mentor, procurando dar a conhecer os fundamentos de um sonho agora materializado que se funde com os esteios deste amplo projecto artístico, iniciado no ano 2000.

27 de junho18h, a Perve Galeria em Alfama, amplifica este tributo com a inauguração do polo “SURREAL”, numa revisitação à célebre exposição de 1949 que, enquanto gesto de afirmação, se inculcou na história artística nacional, influenciando intimamente sucessivas gerações de criadores.

Autores Integrados: Alfredo Luz, António Areal, António Paulo Tomaz, António Quadros, Cabral Nunes, Carlos Calvet, Carlos Eurico da Costa, Cruzeiro Seixas, Eurico Gonçalves, Fernando José Francisco, Henrique Risques Pereira, Isabel Meyrelles, Jorg Remé, Jorge Pé-curto, Mário Cesariny, Mário Henrique Leiria, Raul Perez e Rik Lina. 

>>> Clique para ver: Obras em exposição | Catálogo - Real | Catálogo - Surreal | Programa da inauguração a 18/06 | Dossier de Imprensa | Imagens alta re solução: www.flickr.com/photos/97079807@N02/