Perve Galeria

Notícias

10.º Aniversário do Movimento Cívico que pugnou pela manutenção das obras de Joan Miró na Coleção do Estado Português | Casa da Liberdade - Mário Cesariny | 18.06 - 03.08.2024

banner miro

PT| A 18 de junho, entre as 17h e as 20h, inaugura na Casa da Liberdade - Mário Cesariny a exposição que celebra o "10.º Aniversário do Movimento Cívico que pugnou pela manutenção das obras de Joan Miró na Coleção do Estado Português", onde será exposto pela primeira vez em Portugal um conjunto alargado de catálogos especiais com obra gráfica original assinada por Joan Miró, realizados entre os anos 1940 e 1970.

 

ENG| On June 18, between 5pm and 8pm, the exhibition celebrating the '10th Anniversary of the Civic Movement that fought to keep Joan Miró's works in the Portuguese State Collection' opens at Casa da Liberdade - Mário Cesariny, where a wide range of special catalogues with original graphic work signed by Joan Miró, made between the 1940s and 1970s, will be exhibited for the first time in Portugal.

 

Catálogo da Exposição / Exhibition's Catalogue

 

 

 

"10.º Aniversário do Movimento Cívico que pugnou pela manutenção das obras de Joan Miró na Coleção do Estado Português"

"10th Anniversary of the Civic Movement that fought to keep Joan Miró's artworks in the Portuguese State Collection"

Casa da Liberdade - Mário Cesariny

18 junho - 03 agosto 2024 | 18 June - 03 August 2024

3.ª - sábado: 12h - 19h | Tuesday - Saturday: 12pm - 7pm

 

PT|

Na Casa da Liberdade - Mário Cesariny celebra-se o "10.º Aniversário do Movimento Cívico que pugnou pela manutenção das obras de Joan Miró na Coleção do Estado Português". Este espaço, que em 2014 se assumiu como polo aglutinador de encontros, exposições e homenagens que uniram as comunidades artística e académica, bem como o público em geral, desempenhou um papel fundamental na sensibilização para esta causa, destacando o imenso significado histórico e artístico da obra de Joan Miró.

Considerando que, ao longo da última década, tem faltado um reconhecimento e um tributo aos mais de 10.000 cidadãos que se juntaram apaixonadamente a esta causa, e cujo envolvimento impediu que o Governo português alienasse 85 obras de Joan Miró, da extinta coleção do BPN, salvaguardando assim o património cultural português, a presente exposição assinala deste modo o segundo movimento peticionário e de ação cívica triunfante nos 50 anos de história democrática de Portugal, depois do Movimento pela Salvaguarda das Gravuras de Foz Côa.

Em exposição estará uma coleção única de catálogos especiais, com obras gráficas originais, assinadas por Miró, de várias e importantes mostras realizas na Galeria Pierre Matisse, em Nova Iorque, e na Galeria Maeght, em Paris, entre os anos 1940 e 1970, onde, entre outras obras do artista catalão, foram mostradas pela primeira vez aquelas que agora integram a coleção do Estado Português. Além disso, será apresentada documentação que registou as diferentes fases do citado movimento cívico, proporcionando uma visão abrangente sobre este importante marco cultural.

 

ESP0526 7

Joan Miró, Bleau II, 1961. Pochoir incluído no catálogo da exposição "JOAN MIRÓ: Recent Paintings and Ceramics" na Galeria Pierre Matisse em Nova Iorque, 1961.

Joan Miró, Bleau II, 1961. Pochoir included in the catalogue of the exhibition "JOAN MIRÓ: Recent Paintings and Ceramics" at the Pierre Matisse Gallery in New York, 1961

 

ENG|

Casa da Liberdade - Mário Cesariny is celebrating the '10th Anniversary of the Civic Movement that fought to keep Joan Miró's works in the Portuguese State Collection'. This space, which in 2014 became a hub for meetings, exhibitions and tributes that brought together the artistic and academic communities, as well as the general public, played a key role in raising awareness of this cause, highlighting the immense historical and artistic significance of Joan Miró's work.

Considering that, over the last decade, there has been a lack of recognition and tribute to the more than 10,000 citizens who passionately joined this cause, and whose involvement prevented the Portuguese government from disposing of 85 works by Joan Miró from the now defunct BPN collection, thus safeguarding Portugal's cultural heritage, this exhibition thus marks the second triumphant petitionary and civic action movement in Portugal's 50-year democratic history, after the Movement for the Safeguarding of the Foz Côa Engravings.

On display will be a unique collection of special catalogues, with original graphic works signed by Miró, from various important exhibitions held at the Pierre Matisse Gallery in New York and the Maeght Gallery in Paris between the 1940s and 1970s, where, among other works by the Catalan artist, those that are now part of the Portuguese State's collection were shown for the first time. In addition, documentation will be presented that recorded the different phases of the Catalan artist's work.

 

ESP0532

"Derrière le Miroir", n° 14-15, 1948. Catálogo da primeira exposição de Joan Miró na Galerie Maeght em Paris. Ed. 13/100.

"Derrière le Miroir", n° 14-15, 1948. Catalogue of Joan Miró's first exhibition at the Galerie Maeght in Paris. Ed. 13/100.