Perve Galeria

Notícias

Perve Galeria galardoada com Prémio de melhor expositor na FIG Bilbao 2022

gif4

Palácio Euskalduna, Bilbau, Espanha | Stand E21

24 - 27.11.2022

 Catálogo | Catalogue: PDF/ISSUU

 

PT| Na passada quinta-feira, dia 24 de novembro, a Perve Galeria foi surpreendida com a atribuição do prémio de melhor stand na FIG - Festival Internacional da Impressão e Arte sobre Papel, no Palácio Euskalduna, em Bilbau. Esta distinção, atribuída pela primeira vez a uma galeria portuguesa naquela que é das mais importantes e históricas feiras de arte em Espanha, aconteceu antes da inauguração VIP.

O júri, composto por Daniel Vega (Diretor de produção de exposições do Museu Guggenheim), Javier Novo (Coordenador da Área de Conservação e Investigação do Museu de Belas Artes de Bilbao) e María Luisa Barrio (Responsável pelo Património Histórico-Artístico do BBVA), «decidiu por unanimidade e sem quaisquer dúvidas, que o stand da Perve Galeria é o que melhor representa o que a feira é e pretende ser». 

Em declarações prestadas,  María Luisa Barrio, refere ainda que a premiação da galeria portuguesa deve-se ao culminar de «esforço, variedade de artistas apresentados, técnicas, desenho do stand e a aposta na internacionalização da obra sobre papel». 

ENG| On Thursday morning, November 24th, Perve Galeria was surprised by the awarding of the prize for best booth at FIG - International Print and Art on Paper Fair, at the Euskalduna Palace in Bilbao. This distinction, assigned for the first time to a Portuguese gallery in one of the most important and historical art fairs in Spain, took place before the VIP opening.

The jury, formed by Daniel Vega (Director of Exhibition Production at the Guggenheim Museum), Javier Novo (Coordinator of the Conservation and Research Area of the Bilbao Fine Arts Museum) and María Luisa Barrio (Head of Historic-Artistic Heritage at BBVA), «unanimously and with no doubts decided that the Perve Galeria’s booth is the one that best represents what the fair is and wants to be»

María Luisa Barrio also said that the award from the Portuguese gallery is the culmination of «the effort, the variety of artists presented, the techniques, the design of the booth and the commitment to the internationalisation of the artwork on paper».


PT| Fundada há uma década, a FIG Bilbao começou por ser uma feira de impressão e arte gráfica, constituindo-se hoje como uma referência internacional não apenas gravura e na arte sobre papel mas incorporando também a pintura e a fotografia, entre outras formas de expressão artística contemporânea. Esta evolução é expressa, tal como explica Carlos Cabral Nunes, diretor e curador da Perve Galeria, no projeto multicultural apresentado, onde ao longo de mais de 100 m², o espírito da galeria vai ao encontro do trabalho de mais de 22 anos na divulgação de um projeto de arte global, que reflete a obra de vários artistas, quer no espaço de língua portuguesa, quer de outras origens, como são exemplo as fotografias de Bogdan Gulyay, em homenagem à Ucrânia, e pinturas originais de Ivan Villalobos, artista chileno, considerado, pela Liceo Magazine, no âmbito da apresentação na Drawing Room de Madrid 2021, como o artista mais relevante da semana de arte na capital espanhola.

 

Localizado no stand E21 a Perve Galeria apresenta uma mostra antológica das edições Perve Galeria, desde o ano 2000, com um projeto dedicado à fotografia, no contexto africano de língua portuguesa, múltiplos artísticos, desde serigrafias realizadas em processos artesanais, a uma seleção de obras gráficas e esculturas de diversos autores e mestres do panorama artístico português e internacional, tais com Cruzeiro Seixas, Fernando Lemos, Mário Cesariny e Manuel Figueira, entre vários outros. Em exposição, resultado de uma parceria iniciada em agosto último, com as edições Urucum, são apresentadas também obras de Ferreira Gullar, Joana Vasconcelos e Pedro Cabrita Reis.

 

ENG| Founded a decade ago, FIG Bilbao started out as a print and graphic art festival, and is now an international reference not only in printmaking and art on paper, but also incorporating painting and photography, among other forms of contemporary artistic expression. This evolution is expressed, as Carlos Cabral Nunes, director and curator of Perve Galeria, explains in the multicultural project presented, where, on over 100 m² of booth, the spirit of the gallery meets the work of more than 22 years in the dissemination of a global art project which reflects the artwork of various artists, from the Portuguese-speaking area and other origins, such as the photography by Bogdan Gulyay, in homage to Ukraine, and original paintings by Ivan Villalobos, Chilean artist, considered by Liceo Magazine, within the scope of the presentation at Drawing Room Madrid 2021, as the most relevant artist of the art week in the Spanish capital.

Located at booth E21, Perve Galeria presents aalso an anthological exhibition of the Perve Galeria’s editions, since 2000, with a project dedicated to photography, in the context of the Portuguese-speaking African communities, artistic multiples, from silkscreen prints made in artisanal processes, to a selection of graphic artworks and sculptures by various authors and masters of the Portuguese and international art scene, such as Cruzeiro Seixas, Fernando Lemos, Mário Cesariny and Manuel Figueira, among others. The exhibition, through a collaboration that began last August with Urucum editions, also includes works by Ferreira Gullar, Joana Vasconcelos and Pedro Cabrita Reis.