BIOGRAFIA ALBERTO CEDRÓN
Resumo Biográfico  

Nasceu em Buenos Aires, Argentina, em 1937. Realizou mais de uma centena de exposições individuais e colectivas desde 1959 em países tais como Argentina, Brasil, Chile, França, Itália e Portugal, entre outros. Tem realizado, desde os anos 60, trabalhos de ilustração, murais, painéis de azulejo, desenho de móveis, numa multiplicidade de técnicas, onde se incluem o desenho, a pintura, a gravura, a escultura e a cerâmica, entre outras. As suas obras foram adquiridas por Museus Nacionais e Estrangeiros e por coleccionadores privados em todos os países por onde expôs, destacando-se, em Portugal, as muitas obras adquiridas para a Colecção Berardo. Viveu e trabalhou, entre os anos 90 e 2003, em Portugal. Foi distinguido com mais de uma dezena de prémios e condecorações na Argentina, Portugal, Venezuela e Itália. Emílio Chagas escreveu sobre ele: “Em busca da sua identidade, do seu imaginário, realiza incontáveis óleos, acrílicos e desenhos onde grassam uma crítica social corrosiva e a indignação de um artista que não se rende e resiste ao absurdo, ao patético e ao conformismo. Alberto Cedrón acredita que estamos a viver tempos de decadência e escuridão. Mas pensa que só a arte poderá salvar o mundo dessa perspectiva sombria pela qual hoje está a passar. E avisa: “Eu não me entrego.”
Participa durante seis meses, de uma expedição com o médico sanitarista Noel Nutels, executando uma série de desenhos sobre a Reserva Indígena Do Xingu, Mato Grosso, Brasil (1963). Ilustra várias capas para a Editora Seix-Barral, Barcelona, Espanha (1967); Executa Mural em Terracota Esmaltada (4mx80m), Córdoba, Argentina (1971); Ilustra Poesias de Machado, Carlos Drumond de Andrade e o Conto de Alan Poe "EI Pozo y el Péndulo", Centro Editor da América Latina, Buenos Aires, Argentina (1971); Participa em Mural Colectivo em Viedema, Rio Negro, com o Grupo Santa Maria de Iquique, no Centro Cultural (1972); Ilustra o Livro "Florentino y el Diablo" de Alberto Arabelo Torrealba, editado pelo Banco Industrial da Venezuela (1980); Realiza "Painel Desenhado" com o escultor José Rodrigues (1991); Realização de cinco Esculturas em Bronze (tamanho natural) representando os 5 sentidos. Fundação Berardo, Funchal, Ilha da Madeira, Portugal (2000/2003); entre outros. Realizou exposições individuais, tais como: na Galeria Rubio, Buenos Aires, Argentina (1959); na Galeria do IBEU (Instituto Brasil Estados Unidos), Rio de Janeiro, Brasil (1962); na Cisneros Gallery, Nova Iorque, USA (1971); Casa deI Popolo, Nápoles, Itália (1978); na Galeria da Praça, Pinturas, Porto, Portugal (1990); na Galeria Movimento Arte Contemporânea, Pintura, Desenhos, Cerâmica e Bronze, Lisboa, Portugal (2001); entre outras.


Exposições Individuais (seleccionadas)

1959 - Galeria Groussac, Buenos Aires, Argentina.
- Galeria Rubio, Buenos Aires, Argentina.
- Galeria Gutierrez y Aguad, Córdoba, Argentina.
1961 - Galeria Saber Vivir, Buenos Aires, Argentina.
- Consejo Deliberante da Cidade de Buenos Aires, Argentina.
1962 - Galeria do IBEU (Instituto Brasil Estados Unidos), Rio de Janeiro, Brasil.
1964 - Galeria Rubio, Buenos Aires, Argentina.
- Galeria do Teatro San TeImo, Buenos Aires, Argentina.
- Galeria Proar, Buenos Aires, Argentina.
1965 - Galeria da Biblioteca de Valparaíso, Chile.
1966 - Galeria Dialogo, Buenos Aires, e em várias cidades do interior da Argentina.
1967 - Galeria de Arte Catafau, Barcelona, Espanha.
1968 - Galeria L' Atelier, Paris, França.
1971 - Cisneros Gallery, New York, USA.
1974 - Galeria Viva México, Exposição de Gravuras, Caracas, Venezuela.
1975 - Galeria Viva México, Exposição de Pinturas, Caracas, Venezuela.
1976 - Galeria La Botica deI Angel, Desenhos, Gravuras e Acrílicos, Cabinas, Venezuela.
1977 - Galeria Art Conseil, Paris, França.
- Centro Cultural de Grenoble, Exposição de Desenhos, França.
1978 - Casa deI Popolo, Nápoles, Itália.
1979 - Colagem e Pinturas, Roma, Itália.
- Galeria 54, Cortina D' Ampezzo, Itália.
- Galeria La Trinchera, Desenhos, Caracas, Venezuela.
1980 - Galeria Bonino, Pinturas, Objectos e Gravuras, Rio de Janeiro, Brasil.
(Escolhida entre as melhores do ano pela revista Veja)
- Museu de Arte Moderna de Campinas, São Paulo, Brasil.
- Palácio Comunale -Pinturas, Roma, Itália.
- Pinacoteca de São Paulo, Trabalhos com Xerox, São Paulo, Brasil.
- Galeria do Banco Bifasu, São Paulo, Brasil.
1981 - Museu de Arte de Cultura Popular da Universidade de Mato Grosso, Pinturas, MT, Brasil.
1983 - Museu de Arte Moderna do Joinville-SC, Brasil.
- Galeria da FURB -Fundação Universitária de Blumenau, Blumenau-SC, Brasil.
- Centro Cultural de São Paulo, Desenhos, São Paulo-SP, Brasil.
1984 - Pintura e Desenhos - Mar deI Plata, Argentina.
1986 - Galeria do Centro de Escrivanos - Pinturas, Desenhos e Objectos, Baia Blanca, Argentina.
1987 - Galeria Alberto Elias - Retrospectiva, Buenos Aires, Argentina.
1988 - Galeria Hoy en el Arte, Pinturas, Buenos Aires, Argentina.
1989 - Galeria do Hotel Copa D'Or, Pinturas, Rio de Janeiro, Brasil.
1990 - Galeria da Praça, Pinturas, Porto, Portugal.
1991 - Cooperativa Árvore, Desenhos e Litogravuras, Porto, Portugal.
- Sindicato dos Bancários do Norte, Pintura, Porto, Portugal.
- Galeria Tina Zappoli, Pintura, Porto Alegre-RS, Brasil.
- Galeria do Casino Park Hotel, Funchal, Ilha da Madeira, Portugal.
1993 - Galeria do Instituto Franco-Português , Desenhos, Lisboa, Portugal.
- Galeria Dhers, Pintura, Berlin, Alemanha.
1995 - Galeria Movimento Arte Contemporânea, Pintura, Cerâmica Raku, Pedras, Desenhos,
Terracotas, Lisboa, Portugal.
1997 - Galeria Tina Zappoli, Pinturas, Desenhos, Cerâmicas, Porto Alegre-RS, Brasil.
1999 - IV Salão Elke Hering, Homenageado Especial, Pintura, Cerâmicas e Bronze, Blumenau, SC,
Brasil.
2001 - Galeria Movimento Arte Contemporânea, Pintura, Desenhos, Cerâmica e Bronze, Lisboa,
Portugal.

Exposições Colectivas (seleccionadas)

1962 - Participa no Salão de Pintura Emesto dela Carcoba.
- Participa da Colectiva 'Pintura Argentina Atual' com quatro técnicas diferentes.
Buenos Aires, Argentina.
1964 - Galeria Proart - Poema Ilustrado, Buenos Aires, Argentina.
1965 - Expõe com Enrique Policastro na Galeria Proart, Buenos Aires, Argentina.
1966 - Galeria Edith Quijano - 50 Desenhos coloridos, Buenos Aires, Argentina.
1975 - Bienal de Gravura e Desenho de Cali, Colômbia.
1979 - Galeria Gráfico Club de Arte Contemporâneo - junto com Crippa Tapor, Osi, etc. Milão,
Itália.
1991 - Bienal de Óbidos, Portugal, onde ganha Menção Honrosa.
1996 - Exposição "Natureza Humana", Galeria Tina Zappoli, Porto Alegre-RS, Brasil.
1997 - Exposição "Permanência", Galeria Tina Zappoli, Porto Alegre-RS, Brasil.
1998 - Exposição "Sete Amostras Especiais", Pedras e Cerâmica, Galeria Tina Zappoli,
Porto Alegre-RS, Brasil.
1999 - Exposição "Amor e Solidão" Shopping Decoração e Design, Porto Alegre-RS, Brasil.
2001 - Centro Cultural de Celorico da Beira, Celorico da Beira, Portugal.
- Movimento Arte Contemporânea, VII Aniversário, Lisboa, Portugal.
- Movimento Arte Contemporânea, VIII Aniversário, Lisboa, Portugal.
2002 - Galeria Garagem de Arte - Desenhos, Gravuras, Esculturas e Aguarelas, Porto Alegre,
Brasil.
- Movimento de Arte Contemporânea, IX Aniversário, Lisboa, Portugal.
- “5+3=2”- Exposição de Pintura, Desenho, Multimédia, Perve Galeria, Lisboa, Portugal.
2003 - Galeria Garagem de Arte, “Vida, Povo, Fome, Trabalho e Religião”, Porto Alegre, Brasil.
- Galeria Tina Zappoli - Humanidades, Porto Alegre, Brasil.
-“ Acervo 02” - Exposição de Pintura, Desenho, Escultura, Cerâmica, Objecto, Joalharia
Artística, Obra Gráfica, Instalação e Multimédia, Perve Galeria e Hospital Júlio de Matos,
Lisboa, Portugal.
- Movimento de Arte Contemporânea, X Aniversário, Lisboa, Portugal.
2004 - Restaurante Expositor, Parque de Exposições “Pela Paz entre os Povos”,Braga.
- Centro Cultural e Congressos de Angra do Heroísmo “Exposição de Pintura e Escultura
Contemporânea, Angra do Heroísmo, Açores.

2006 - Exposição "Encontro de Periferias", Perve Galeria, Lisboa, Portugal.

Trabalhos Realizados

1963 - Participa durante seis meses, de uma expedição com o médico sanitarista Noel Nutels,
executando uma série de desenhos sobre a Reserva Indígena Do Xingu, Mato Grosso,
Brasil.
1964 - Executa Mural em Terracota para Fiat Concord, Buenos Aires, Argentina.
1965 - Ilustra Capas para a Editorial Eudeba, Buenos Aires, Argentina.
- Executa Mural em Terracota para Arlan AS, Lanus, Buenos Aires, Argentina.
1967 - Ilustra várias capas para a Editora Seix-Barral, Barcelona, Espanha.
1969 - Ilustra a Capa do Livro "Grande Sertão Veredas" de Guimarães Rosa, edição Espanhola,
Seix-Barral, Barcelona, Espanha.
1970 - "Diários Ilustrados", Ilustração de Jornais (colagem), Buenos Aires, Argentina.
1971 - Executa Mural em Terracota Esmaltada (4mx80m), Córdoba, Argentina.
- Ilustra Poesias de Machado, Carlos Drumond de Andrade e o Conto de Alan Poe "EI Pozo y
el Péndulo", Centro Editor da América Latina, Buenos Aires, Argentina.
1972 - Realiza Mural Escultórico em homenagem a Roberto Arlt, numa Praça que leva o seu
nome, Buenos Aires, Argentina.
- Participa em Mural Colectivo em Viedema, Rio Negro, com o Grupo Santa Maria de
Iquique, no Centro Cultural.
1973 - Mural em Terracota (6mx8m) e Escultura em Ferro, ambos para a EXPOPAR (Exposição
Industrial), Assunção, Paraguai.
- Mural em Terracota (6mx4m), Friso em Terracota (5mxlm) e uma Escultura em Ferro,
casa particular do Sr. José Benites, Assunção, Paraguai.
1974 - Ilustra a Capa da Revista Humbolt (Alemã) e tem uma gravura editada na mesma.
- Executa Mural em Cimento (4mx3Om), Praça Bolívar, Tovar, Venezuela.
1975 - Mural em Terracota (4mx6m) no Centro Turístico EI Morro, Barcelona, Venezuela.
- Mural em Terracota (3mxI0m) na Plaza Municipal de Barcelona, Venezuela.
- Mural em Terracota (4mxI0m) nas Minas de Naricual, Venezuela.
1976 - Mural em Terracota (100mx5m) e Figura em ferro fundido com 5m de altura na Plaza deI
Campesino, Tovar, Venezuela.
1977 - Mural Pintado no Centro Cultural de Grenoble, França.
1978 - Desenha Móveis para Quarto de Criança, que obtém prémio e publicação na Revista
Domus, Milão Itália.
1979 - Ilustra o Livro "La Raiz deI Ombu", com 46 desenhos seus e texto de Júlio Cortázar,
lançado na Galeria Durbon, Caracas, Venezuela.
1980 - Ilustra o Livro "Florentino y el Diablo" de Alberto Arabelo Torrealba, editado pelo Banco
Industrial da Venezuela.
1982 - Friso em Ferro constituído por 11 módulos de 3,5mx2mx1m e um Mural em Terracota
para FERROSTAL do Brasil, São Paulo, Brasil.
- Experiência de impressão nas ruas de São Paulo e Rio de Janeiro, Brasil.
- Realiza uma série de esculturas com Pedras da Região de Florianópolis-SC, Brasil.
1983 - Executa três Murais em Terracota para a Fundação Universitária de Blumenau (12x3 m,
5x3 m, 5x3 m), Blumenau, SC, Brasil.
- Executa Portas entalhadas em Madeira na cidade de Itajaí-SC, Brasil.
1989 e 1990 - Durante estes anos Cedrón possui uma Galeria de Arte, onde expunha os seus
trabalhos em conjunto com as fotografias de Marcelo Lartigue, em Búzios- RJ, Brasil.
1991 - Realiza "Painel Desenhado" com o escultor José Rodrigues.
- Performance na Cooperativa Árvore - posteriormente doado à Câmara Municipal do Porto, Portugal.
1991 e 1992 - Realiza um Mural Escultórico (20 x 2 m), onde conta, ano após ano, a "Aventura dos Portugueses no Japão", durante o período de 1540 e 1640. Jardim Oriental, Fundação Berardo, Funchal, Ilha da Madeira, Portugal.
1994 e 1996 - Realiza 40 Painéis (2,20 x 1,60 m) cada, constituído de azulejos em terracota feitos à mão) que compõe a "História de Portugal" desde a sua constituição como Nação, todos os Reinados, Repúblicas, até o ingresso do país na CEE. Jardins da Fundação Berardo Funchal, Ilha da Madeira, Portugal.
2000 até 2003 – Realização de 5 Esculturas em Bronze (tamanho natural) representando os 5 sentidos. Fundação Berardo, Funchal, Ilha da Madeira, Portugal.
- Realiza 58 Painéis (1,90 x 1,20 m cada) em azulejos contando a "História do Vinho" para as caves João Pires, Azeitão, Portugal.

Prémios Recebidos

1961 - Prémio da Câmara de Deputados da Nação, Medalha de Ouro, Buenos Aires, Argentina.
- 1° Prémio de Desenho no Salão de Outono de Buenos Aires, Diário El Mundo, Argentina.
1962 - Medalha de Ouro Diário El Mundo, Salão Anual de Desenho da Associação de Desenhistas
da República Argentina, Buenos Aires, Argentina.
- 3° Prémio de Pintura no Salão de Mar deI Plata, Argentina.
1965 - 2° Prémio "George Braque" de Desenho, Buenos Aires, Argentina.
- 2° Prémio de Desenho no Salão Nacional de Córcoba, Argentina.
1970 - 3° Prémio de Desenho no Salão Nacional Manuel Belgrano, Buenos Aires, Argentina.
1975 - Grande Prémio de Desenho, Salão Internacional ULA Universidad los Andes, Mérida,
Venezuela.
1975 - Prémio DOMUS, Milão, Itália.
1991 - Menção de Honra, Bienal de Óbidos, Portugal.
2001 - Prémio Carreira, MAC Movimento Arte Contemporânea, Lisboa, Portugal.